Register to read our articles

Wednesday, May 29, 2013

Incontinência psicológica na faze pre-escolar. Tratamento natural

por Guiomar Campbell R Ac. Dpl. Sh.

(50% das crianças perdem o controle urinário entre a idade de 3 a 5 anos.)


O toque é a manifestação mais importante de amor na vida de uma criança. Desde a fase intra-uterina que o feto vem sendo tocado, massageado pelo movimento do líquido aminiótico, num vai e vem que alimenta, defende e protege. Não só promove o bem estar emocional, como também é crucial na sobrevivência de um recém nascidos nos primeiros meses de vida.

Nós, que temos filhos, sabemos o quanto é triste vê-los estressados, doente e indefesos. Sem contar com o desgaste físico e emocional que uma mãe e um pai enfrentam na tentativa de ampará-los. E ao mesmo tempo, atender a demanda do trabalho e as responsabilidades de casa.
Desde o nascimento, até a fase escolar, a criança sofre vários tipos de problemas físicos e emocionais,

como por exemplo, a dor de barriga, resfriado, tosse, dor de ouvido, e não deixando de lado, as neuroses infantis como, o temperamento irritado, a insónia e até mesmo os hábitos infantis de chupar o dedo depois dos cinco anos de idade ou roer as unhas. É uma infinidade de problemas que levariam mais de duas páginas para descrevê-los.

Hoje vamos falar de um problema muito comum que certas crianças enfrentam principalmente na fase pré-escolar, que é a perda de controle urinário ou, o popularmente conhecido como "fazer pipi na cama".

O que dizem os especialistas

De acordo com o médico acupuncturista japonês, Dr. Serizawa, crianças asmáticas, ou que apresentam problemas renais de bexiga ou de canal urinário, sentem dificuldades em controlar a urina. Se esse for o caso, deve-se consultar o pediatra primeiro.

A medicina oriental acredita que uma das causas da perda do controle urinário pode estar relacionada com um mau funcionamento do SNA - Sistema Nervoso Autónomo (responsável por controlar e relaxar o corpo), que em resultado é proviniente de uma pequena distorção da coluna vertebral. Para que a criança cresça com o SNA saudável e com uma boa coordenação motora, Wataru Ohashi, autor do livro "Touch For Love",  sugere estimular as costas com os dedos, subindo e descendo num movimento bem rítmico. Em outras palavras, "fazer cosquinhas nas costas".

Mesmo uma criança sadia que se comporta bem pode sofrer distúrbios psico-emocionais se o estilo de vida dela é subtamente alterado. Como por exemplo, o nascimento de um irmãozinho pode desencadear mudanças no comportamento e nos hábitos da criança. Ela se torna tensa, com medo de ser rejeitada e pode até desenvolver neuroses infantis (choros estéricos e gritos sem motivo aparente).

É importante apoiar a criança e ajudá-la a entender que ela vai crescer e sair dessa fase. Procurar assumir uma atitude calma e tranquila, sem mostrar ansiedade, não fazer comentários e expressões críticas, pois isso pode dificultar o desenvolvimento psico-men-tal da criança mais tarde.
Um detalhe a observar é que as crianças que têm predisposição para esse problema, geralmente possuem as pernas e as nádegas frias e a parte inferior da barriga fraca. Portanto, ao tratá-la, é importante estimular essas áreas e mante-las aquecidas.

Tratamento

Como os episódios são mais comuns quando a criança está tensa, o primeiro passo antes de começar a massagem de shiatsu é acalmá-la. Fazer brincadeiras, cantar musi-quinhas. Deitá-la numa superfície firme e confortável.
Aquecer as mãos esfregando-as uma na outra. Colocar a mão esquerda na parte inferior das costas e a direita sobre a barriga. Fazer movimentos circulares no sentido horário, percorrendo toda área
abdominal, num ritmo lento e contínuo por vários minutos.
Pressionares pontos de acupressura localizados 1 cm embaixo do umbigo usando o dedo polegar. Segure por duas respirações, solte, repita. Aplicar calor nessa área é também, muito efetivo no controle urinário.
Deite a criança de bruço e estimular os pontos da coluna e do sacro. Posicionar o dedo polegar, um em cada lado da coluna 1 cm de distância das vertebras lombares L4 e L5, e pressionar levemente.
Segure por duas respirações.
Repita duas vezes todos os dias.

Tradicionalmente, esses pontos têm várias indicações e são muito usados no Japão e na China tanto como remédio caseiro, como em hospitais no tratamento de crianças com problemas urinários.


As informações contidas neste artigo tem o proposito de educar o público e não de curar doenças ou outras enfermidades. Procure o seu médico se você se sentir doente
 


No comments:

Post a Comment